9 de outubro de 2013

Ferrovia Rética, Albula/Bernina


130 quilômetros num só trem. A via férrea de Albula/Bernina forma o coração da lista de Patrimônios Culturais Mundiais da UNESCO, sendo considerada como uma das rotas mais espetaculares do mundo.

 A Rhaetian Railway entre Thusis e Poschiavo é uma maravilha da engenharia ferroviária. Os entusiastas das ferrovias afirmam que o percurso de Albula entre Chur e St. Moritz é a rota das montanhas mais pitoresca do mundo, dando grande atenção ao viaduto Landwasser, de curvas incrivelmente arrojadas.

3 de setembro de 2013

Ilhas Maurício

Banhos de mar e história fazem da ilha Maurício um dos destinos turísticos mais inspiradores do Índico

Vizinha de destinos turísticos de peso, como Madagascar e Seychelles, a ilha Maurício não se cansa de mostrar para o mundo seu talento multidisciplinar.

Passado histórico escrito por mãos europeias e asiáticas; tradições religiosas, como hinduísmo e islamismo que, harmoniosamente, são praticadas em templos que chegam a dividir o mesmo endereço; geografia impressionante recortada por montanhas de origens vulcânicas e banhada por águas mornas de tons turquesas do Índico, rodeada por recifes de corais; e variedade linguística capaz de reunir em uma mesma rua placas de trânsito em inglês, anúncios publicitários em francês e uma simpática população local que se comunica em línguas crioulas.

14 de janeiro de 2013

Diavolezza – A Montanha Extremamente Sedutora

Diavolezza, feminino de "diabo" em italiano, é uma popular montanha no Engadine. Segundo a lenda, há muito tempo atrás, uma linda fada das montanhas desviou homens de seus caminhos, de forma que nunca mais foram vistos. Na verdade, a Diavolezza, por si própria, é uma tentação de incrível beleza.


Fonte:  Myswitzerland.com

Suíça, Terra da Água

Você sabia que na Suíça é possível beber a mais pura água mineral diretamente das fontes localizadas nos vales, parques e cidades? Origem dos maiores rios europeus, o país se orgulha da pureza de suas águas, sendo o maior reservatório natural do continente. 


Fonte:  Myswitzerland.com

9 de janeiro de 2013

Pirâmide Ball, na Austrália


Pedras Deslizantes, no Vale da Morte, na California, nos Estados Unidos

Estas pedras pesam cerca de 300 quilos cada. No entanto, as marcas no chão comprovam que elas estão se movendo. Cientistas ainda não conseguiram explicar o fenômeno.
Fonte: Dailymail.com

Tsingy, no Parque Nacional de Ankarana, em Madagascar

É um carpete de rochas pontiagudas, onde é impossível qualquer forma de vida, além de algumas poucas plantas que suportam o solo árido
Fonte: Dailymail.com

O Grande Buraco Azul, em Belize

Este buraco submarino é uma das principais atrações do mundo para mergulhadores que buscam aventura. A formação geológica era, na verdade, uma caverna vertical nos períodos glaciais, quando o nível do mar era bem mais baixo. Tem 300 metros de diâmetro e 124 metros de profundidade.
Fonte: Dailymail.com

Lago Hiller, na Austrália

Até hoje, cientistas não conseguiram explicar o porquê da água deste lago ser rosa. Só o que se sabe é que a cor não é consequência da presença de algas.
Fonte: Dailymail.com

Lago Crater, em Oregon, nos Estados Unidos

Este lindo lago azul, cercado por montanhas, foi formado há cerca de 150 anos pela erupção do vulcão Mount Mazama, ao centro.
Fonte: Dailymail.com

Buraco da Floresta Tropical, no Parque Nacional Jaua-Sarisarinama, na Venezuela

Este enorme precipício, raro em florestas tropicais como a Amazônia, é uma depressão natural da superfície da Terra.
Fonte: Dailymail.com

Bacia Badwater, no Vale da Morte, na California, nos Estados Unidos

O ponto mais baixo dos Estados Unidos fica a 86 metros abaixo do nível do mar. A bacia é coberta por sal marinho porque em períodos remotos, o local foi coberto pelo mar. Quando a Terra ficou mais quente, toda a água evaporou.
Fonte: Dailymail.com

Anfiteatro Bryce, no Parque Nacional Bryce Canyon, em Utah, nos Estados Unidos


A erosão das pedras criou um lindo cenário, como se cada peça tivesse sido esculpida à mão